Como Instalar o PHP no Windows, Linux e Mac

Instalando PHP do jeito certo.

Se pensa em começar a programar em PHP, vamos configurar seu computador para que seja capaz de interpretar o código e exibir no navegador.

1. Instalando o PHP no Windows

Vá até http://php.net/downloads.php e faça o download do PHP para Windows. Hoje, estou usando o PHP 8. Recomendo escolher uma versão acima de 7.1 e evite a versão Non Thread Safe, escolha a versão Thread Safe.

Outro detalhe, é que há versões 32bits (x86) e versões 64bits(x64). Provavelmente, se utiliza mais de 2GB de memória RAM, deve estar usando um sistema operacional que roda em 64bits, se não, recomendo fortemente formatar seu windows e instalar uma versão 64bits para usar toda a memória disponível, tendo em vista que Windows 32bits utiliza no máximo 2GB de memória e é incapaz de reconhecer mais que isso.

Fonte: php.net — Onde devo clicar?
Fonte: php.net — Exemplo de qual versão escolher

Crie uma pasta chamada php em C:/ (ou na partição principal, caso tenha mudado). Se tiver dúvidas, é no mesmo lugar onde fica a pasta Windows, Arquivos de Programas (Program Files).

Descompacte o conteúdo do ZIP dentro da pasta C:/php

Conteúdo da pasta C:/php

Repare que o nome da versão do PHP que você escolheu, começa com um VS16, há outras que começam com VS15, VS14…
Isso significa que você precisa instalar o Microsoft Visual C++ versão 16 (no nosso caso).

Versão do Microsoft Visual C++ sublinhado em vermelho.

O link pode ser encontrado na sidebar esquerda, rolando um pouco a tela para baixo:

Link para download do VS16 64 bits e 32 bits.

Se estiver instalando a versão VS16 x64 (64 bits), segue o link: VS16 x64
Se estiver instalando a versão VS16 x86 (32 bits), segue o link: VS16 x86

Pronto, PHP instalado.

Agora precisamos configurá-lo para que ele funcione. (Sim, no Windows precisa de tudo isso)

Abra a pasta C:/php e dê uma olhada nos arquivos. Existe o php.exe, algumas libs (bibliotecas), e o que nos importa a princípio é o php.ini-development e o php.ini-production. O PHP sempre busca pelo arquivo de configuração chamado php.ini e nesse caso, temos 2 modelos prontos. O development é o mais adequado no nosso caso, pois estamos configurando um ambiente de desenvolvimento. O outro, production, é o utilizado em servidores de hospedagem. Acostume-se com esses termos caso não os conhecia: produção (production) e desenvolvimento (dev ou development).

Renomeie o arquivo php.ini-development para php.ini

Vamos agora fazer o comando php ser reconhecido pelo terminal (cmd) para conseguirmos usá-lo.

Informações

  • O PATH é uma variável do sistema usada pelo sistema operacional para localizar executáveis necessários da linha de comandos ou da janela Terminal.
  • A variável do sistema PATH pode ser definida usando o Utilitário do Sistema no painel de controle no Windows ou no arquivo de inicialização do shell no Linux ou MacOS.

Normalmente, quem trabalha com desenvolvimento (programação), precisa as vezes alterar essas variáveis do sistema.

Windows 10 e Windows 8

  1. Em Pesquisar, procure e selecione: Sistema (Painel de Controle)
  2. Clique no link Configurações avançadas do sistema.
  3. Clique em Variáveis de Ambiente. Na seção Variáveis do Sistema localize a variável de ambiente PATH e selecione-a. Clique em Editar. Se a variável de ambiente PATH não existir, clique em Novo.
  4. Na janela Editar Variável de Sistema (ou Nova Variável de Sistema), vá até o final do campo de texto, agora iremos colocar o caminho onde o nosso PHP está, acrescente antes um ; (ponto e vírgula) para finalizar os caminhos anteriores e coloque c:\php, então, ficará assim: ….;c:\php.
Repare, no final adicionei um ; e em seguida o caminho c:\php

Clique em OK. Feche todas as janelas restantes clicando em OK.

Estamos quase lá. Afinal, o Windows não é Developer Friendly rsrs.

Vamos para nosso último passo: Editar o arquivo hosts

Clique no botão Iniciar, digite notepad para procurar o bloco de notas, clique com o botão direito no bloco de notas e escolha: Executar como administrador.

No menu Abrir e siga o caminho C:\Windows\System32\drivers\etc. Abra o arquivo hosts, se ele não aparecer, selecione Todos os arquivos para ele ser mostrado na janela. (pois trata-se de um arquivo sem extensão)

Basta verificar se nesse arquivo existe uma linha com o seguinte conteúdo:

127.0.0.1 localhost

Se conter essa linha, está tudo certo, pode fechar o bloco de notas.
Se não tiver, adicione essa linha no final do arquivo. Detalhe: Não pode ter # na frente, pois esse sinal significa que a linha está “comentada/desabilitada”.

Recomendo reiniciar o computador para ele carregar todas as mudanças que fizemos. (PHP, variáveis de ambiente, hosts)

Após reiniciar, para conferir vá no menu iniciar e digite CMD e tecle enter, abrirá o prompt de comando, ou msDOS como era conhecido.

Se der certo, ao digitar o comando

php --version

O resultado será parecido com o da imagem.

2. Instalando o PHP no Linux

Se você é do time Ubuntu, antes de mais nada, execute o comando:

apt-get update && apt-get upgrade

Isso garantirá que seu sistema está atualizado.

Após, execute:

apt-get install php

Agora, se você é adepto do ArchLinux e derivados, vamos de pacman:

pacman -Syyu

Depois de atualizar seu sistema, instale o PHP:

pacman -S php

Pronto. Pode conferir digitando no terminal:

3. Instalando o PHP no MacOS

Tenha o Homebrew instalado, abra o terminal e digite:

brew install php

Fim!

Colher de chá: Caso não tenha o Homebrew instalado, vamos instalá-lo. Copie o código abaixo e cole em seu terminal:

/bin/bash -c "$(curl -fsSL https://raw.githubusercontent.com/Homebrew/install/HEAD/install.sh)"

Ou, se preferir, acesse o site oficial: https://brew.sh/index_pt-br

Enfim, é isso.
No próximo post falarei um pouco sobre o Composer, gerenciador de dependências do PHP.

Arquiteto e Urbanista de formação, e Programador Web por paixão. Stack: PHP + MySQL e atualmente estudando Node React/Vue

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store